Visita ao Cabo de São Vicente

O Cabo de São Vicente próximo de Sagres e a Ponta de Sagres em Portugal juntos formam o ponto mais a ocidente do Algarve. O cabo tem uma falésia de aproximadamente 69 m praticamente sem vegetação.

Já era considerado um lugar sagrado nos tempos Neolíticos, conforme atestam os menhires na zona. O nome da zona em que se localiza recorda o Promontorium Sacrum romano. Os antigos gregos chamavam-no de Ophiussa (Terra das Serpentes), habitado pelos Oestriminis. Os cristãos seguiram a tradição e dedicaram a última zona da terra conhecida a São Vicente, dando também o nome à costa adjacente (Costa Vicentina). De acordo com a lenda, as relíquias do mártir São Vicente foram transportadas da Terra Santa para o cabo por corvos.

O impressionante farol que guia os navios que passam pelo cabo pode ser visitado. Apesar de ser um dos pontos de passagem mais frequentados pelos navios, como têm de respeitar grandes distâncias por razões de segurança, são apenas pequenos pontos no horizonte.
Nas falésias circundantes que sofrem com a força do vasto Atlântico, os pescadores locais arriscam as suas vidas empoleirando-se em sítios dramáticos acima do mar violento. Todos os anos alguns deles, bem como turistas imprudentes, encontram aqui a sua morte.

Sem comentários: