29 de abril de 2012

Dia Mundial da Dança



Hoje é o dia mundial da Dança.
A dança é uma forma de arte e caracteriza-se pelo uso do corpo seguindo movimentos previamente estabelecidos {coreografia} ou improvisados {dança livre}.

28 de abril de 2012

Pedido de casamento originais

Para quem não tem ideias para fazer um pedido de casamento aqui vai uma ideia muito divertida.




Vale a pena ver...

26 de abril de 2012

25 de abril de 2012

Fun. - "We are young"


Fun. é o nome desta banda americana e "We are young" é o nome da música que não me sai da cabeça. Gosto mesmo desta musica!

25 de Abril 1974 - para quê?

"Não há regras para ninguém, porque ninguém cumpre as que por acaso há"

 

Trinta e oito anos depois, continuamos neste rectângulo labiríntico, dependentes de políticos e governantes completamente incapazes, e onde procuramos desesperadamente uma saída que parece não existir.

Antes de 25 de Abril de 1974 dependíamos de uma ditadura cujos valores mais importantes nos eram retirados, hoje dependemos de outros tipos de ditadura, desde a ditadura da banca, à ditadura do desemprego, da saúde, da educação, da justiça, da segurança, etc.

Na realidade, em nome da democracia, voltámos a viver numa ditadura porque tudo nos foi permitido inclusive o viver acima das nossas reais possibilidades, vivendo à grande e à francesa com o dinheiro que não era nosso, e por isso nos endividámos, porque “comprámos” casa, carro, electrodomésticos, mobílias, viagens,  etc., e hoje somos incapazes de pagar todas estas contas.

É verdade que a democracia, apesar das suas imperfeições, é preferível a qualquer outro tipo de regime político, mas isto não significa que não analisemos criticamente os aspectos menos positivos do seu funcionamento e os tentemos melhorar.

No Dia da Liberdade, numa espécie de balanço e considerando o triste estado do país em termos económicos, políticos e sociais, não podemos deixar de colocar esta questão:
QUE FIZÉMOS AOS IDEAIS CONQUISTADOS NO 25 DE ABRIL ?


23 de abril de 2012

Dia Mundial do Livro


Esta data teve a sua origem na Catalunha, uma região da Espanha e começou a ser celebrada em 7 de Outubro de 1926, em comemoração do nascimento de Miguel de Cervantes, escritor espanhol.

Em 6 de Fevereiro de 1926, o governo espanhol, presidido por Miguel Primo de Rivera, aceitou a data e o rei Alfonso XIII assinou o decreto real que instituiu a Festa do Livro Espanhol.

No ano de 1930, a data comemorativa foi trasladada para 23 de Abril, dia do falecimento de Cervantes.

Mais tarde, em 1996, a UNESCO instituiu 23 de Abril como o Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor, em virtude de a 23 de Abril se assinalar o falecimento de outros escritores, como Josep Pla, escritor catalão, e William Shakespeare, dramaturgo inglês.





Quem me conhece sabe que sou "viciada" em livros e tenho que ler todos os dias, nem que sejam apenas alguns minutos, e gosto preferencialmente de ler à noite, antes de adormecer, como se este gesto fosse a chave de ouro para encerrar o meu dia. Digamos que é o meu soporífero, o meu comprimido diário para dormir um sono descansado toda a noite, sem necessidade de contar carneirinhos :-)

Quem me conhece sabe que uma das melhores prendas que me pode dar é um livro. E também sabe que é com frequência que também os ofereço.

Sendo bastante abrangente, gosto de quase todos os temas e estilos (à excepção de ensaios e/ou tipo teses) no entanto tenho preferências, claro, tanto por alguns autores como por alguns temas.

O "bichinho" começou com um livro que me foi emprestado na altura das férias grandes (naquela altura tínhamos 4 longos meses – de meados de Junho a meados de Outubro) pela tia Leopoldina que também gostava muito de ler e que devorei rapidamente.

Emprestou-me A TRAGÉDIA DA RUA DAS FLORES de EÇA DE QUEIROZ, autor que na altura não fazia a mínima ideia que era um “monstro” da literatura. Gostei tanto que fez com que anos mais tarde lesse toda a sua obra. Quando no liceu (sim que eu sou do tempo dos liceus e não das escolas secundárias) foi obrigatório ler OS MAIAS, para mim foi um prazer e não uma obrigação,.
Desde essa altura nunca mais parei e sendo um vicio muito saudável é em simultâneo bastante caro, por isso muitas vezes faço intercâmbio entre os amigos, mas principalmente com os meus filhos, o Miguel e o Pedro a quem felizmente contagiei desde pequeninos.
Tal como muitas coisas na vida, gostar de ler cultiva-se e se começarmos a incutir este gosto nos mais pequenos, significa que estamos a oferecer-lhes uma ferramenta poderosa de aquisição de conhecimentos. As vantagens da leitura são inúmeras, estimula o cérebro deixando-o mais criativo, estimula a linguagem deixando-a mais apurada, assim como beneficia o raciocínio deixando-o mais lógico

Para mim um livro é um amigo que me ensina, me diverte e me leva nas asas da imaginação. Neste sonho de papel (também já há digitais, mas eu prefiro os tradicionais) posso posso ser uma ave e voar, uma nuvem e flutuar no ar, ou simplesmente ler e saborear.
E para finalizar não percam este vídeo que recebeu o Óscar de Melhor Curta-Metragem de Animação que foi atribuído a um filme e que penso que todos os amantes de livros gostarão de ver.
É da autoria de William Joyce e Brandon Oldenburg e chama-se The Fantastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore. A recordar-nos que podemos sempre contar com os livros para tornarem as nossas vidas um pouco menos cinzentas 

22 de abril de 2012

Favores em Cadeia - Pay it forward


Ao escrever o post anterior, lembrei me imediatamente deste filme. Nós enquanto sociedade inevitavelmente estamos ligados em rede para o bem e para o mal.
Este filme é de 2000 e é tão tocante, o modelo que esta criança de 11 anos cria é um modelo bastante conhecido (pirâmide) onde muitos ganham dinheiro em cadeia (coisa que é ilegal). E em vez de multiplicarmos dinheiro porquê que não multiplicamos boas ações(algo que será necessário e urgente)?
Cada vez mais as pessoas vivem para os seus umbigos, chegam às suas casas e fecham-se, quase que não conhecem os vizinhos. 
Se alguém cair na rua, como à uns dias aconteceu com a minha mãe as pessoas passam e viram as costas.
Se alguém se sentir mal as pessoas preferem ir embora porque não têm tempo para ajudar.
Se algum "velhinho" precisar de atravessar a estrada, finge-se que não se vê, muito menos dar lhe um bom dia, que seca.
Estes valores que se adquiriram são UMA VERGONHA.
E as pessoas pensam que o dinheiro compra tudo e então em alturas de campanha (compram ou telefonam) são as maiores e ajudam muito mas esquecem-se que a maior ajuda é daquele que está ali ao nosso lado à espera nem que seja de um bom dia.

Dia da Terra


Este dia foi criado por um Senador americano Gaylord Nelson a 22 de Abril de 1970, tem a finalidade de sensibilizar cada um de nós  para o tratamento que estamos a dar à terra.
Cada um de nós tem a responsabilidade de querer e fazer da terra um sitio bem melhor, são o somatório de todas as nossas ações que faz com que a terra esteja cada vez mais doente.
Se cada um de nós desligar a água enquanto se escovam os dentes, ou quando estamos no banho, se tentarmos produzir menos resíduos e se isto for multiplicado por cada um de nós acreditem que irá criar um grande impacto. Já pensaram se cada um de nós poupar 1 litro de água por dia, isto multiplicado por todos os habitantes do planeta terra daria à terra um futuro melhor.
Somos 6 840 507 003 (fonte: Banco Mundial 2010) este numero multiplicado por menos resíduos e menos gastos de recursos naturais irá certamente criar uma TERRA bem melhor - VAMOS DAR UMA MÃO À TERRA!


19 de abril de 2012

PARABÉNS MÃE





Hoje vou ter um jantar especial, é o jantar de aniversário da minha Mãe e por isso desejo-lhe um dia muito feliz e que este dia se repita por mais 57 anos cheios de amor de energia positiva e de generosidade.

PARABÉNS E FELIZ ANIVERSÁRIO

18 de abril de 2012

ALICE, no País das Maravilhas

 
 
A Alice chegou ao nosso país (que nos últimos anos não tem sido nenhuma maravilha, mas enfim ...) e pelo menos o local escolhido é uma das mais belas maravilhas de Portugal que já tive o prazer de visitar: A Quinta da Regaleira

Aqui podemos assistir a peças de teatro nocturnas, onde os actores nos levam através dos diversos "palcos" da quinta.

Estes locais estão iluminados (como podem ver na imagem) e ao mesmo tempo que vamos assistindo à peça de teatro, vamos visitando os locais mais emblemáticos da quinta.

Ao percorrer os labirintos e as grutas, ficamos com vontade de voltar durante o dia para conhecer este local mágico.



Na Quinta da Regaleira assisti a um destes espectáculos, a peça "Solércia", em género trágico-cómico, que era baseada na critica social de Gil Vicente e que adorei!!! 

Depois de "Solércia", seguiu-se "O Princepezinho" que infelizmente não pude assistir e agora chega "Alice no País das Maravilhas", que faço questão de não perder e que estará disponível de 28 de Abril a 30 de Setembro de 2012.

Por ser um espectáculo nocturno, aconselho a escolherem as noites mais quentes de Verão e mesmo assim, não deixem de levar um agasalho, pois Sintra é quase sempre um local bastante fresco.


A Quinta da Regaleira situa-se em pleno Centro Histórico de Sintra e está classificada pela UNESCO, como Património Mundial.

Palácio da Quinta
O Patamar dos Deuses

Ponte e Lago sobre as grutas
Gruta do Labirinto
Portal dos Guardiões


Edificado nos primórdios de Século XX, este fascinante conjunto de construções, nascendo abruptamente no meio da floresta luxuriante, é o resultado da concretização dos sonhos mitico-mágicos do seu proprietário, António Augusto Carvalho Monteira (1848-1920), aliados ao talento do arquitecto-cenógrafo italiano Luigi Manini (1848-1936).

A Quinta da Regaleira tem um serviço de atendimento com guias, restaurante, cafetaria com uma agradável esplanada, uma loja com produtos exclusivos e uma livraria especializada.

http://www.guiadacidade.pt/pt/poi-palacio-e-quinta-da-regaleira-4919


Não percam, pois é uma experiência mágica!!!


All the lovers -- Kylie Minogue



Gosto desta musica faz lembrar as noites divertidas de verão.

17 de abril de 2012

Amigos Improváveis


Inicialmente questionei...francês?
Mas é falado em francês??? Não sei...
Este filme baseia-se numa história verídica. A história de um aristocrata tetraplégico, Philippe, e um jovem que vive nos subúrbios, Driss, conhecem-se e tornam-se grandes amigos.
Uma história simples e tocante e que nos faz rir com o seu humor honesto.
...Mas ainda bem que costumo dar o beneficio da dúvida...porque se não fosse assim teria perdido a oportunidade de ver um grande filme.

Gosto de histórias que falam ao coração.

16 de abril de 2012

Dia mundial da voz



O Dia Mundial da Voz é comemorado a 16 de Abril.
A celebração da data tem como objetivo alertar para a importância da voz e dos cuidados necessários para a preservar.


Não existem muitas Vozes que se possam gabar de nos prenderem ao seu som  fazendo nos soltar emoções sem que para isso esteja associada uma imagem.
Falo em especial de uma voz que me veio de imediato à ideia, que fazia relatos como niguém na TSF e que nos fazia vibrar com a sua energia, falo da voz de Jorge Perestrelo e digam lá se não se lembram...




13 de abril de 2012

Nostalgia - consolas de jogos (antigas)


Quem não se recorda, com alguma nostalgia, das "velhinhas" consolas de jogos ?



                          

Pois agora podemos regressar ao passado na GAME ON, a maior exposição de videojogos do mundo, no MAP - Museu de Arte Antiga, (Belém, junto ao Padrão dos Descobrimentos) em Lisboa.

Até 15 de Julho 2012, os visitantes podem jogar mais de 120 videojogos e arcadas, bem como participar nas actividades paralelas.



12 de abril de 2012

100 anos da vírgula - Parabéns

Sobre a Vírgula


Uma vírgula pode ser uma pausa... ou não.
Não, espere.
Não espere..

Ela pode sumir com seu dinheiro.
23,4.
2,34.

Pode criar heróis..
Isso só, ele resolve.
Isso só ele resolve.

Ela pode ser a solução.
Vamos perder, nada foi resolvido.
Vamos perder nada, foi resolvido.

A vírgula muda uma opinião.
Não queremos saber.
Não, queremos saber.

A vírgula pode condenar ou salvar.
Não tenha clemência!
Não, tenha clemência!

Uma vírgula muda tudo.
ABI (Associação Brasileira de Imprensa): 100 anos lutando para que ninguém mude uma vírgula da sua informação.


Detalhes Adicionais:


COLOQUE UMA VÍRGULA NA SEGUINTE FRASE:


SE O HOMEM SOUBESSE O VALOR QUE TEM A MULHER ANDARIA DE QUATRO PATAS À SUA
PROCURA.








Solução:

* Se você for mulher, certamente colocou a vírgula depois de MULHER...
* Se você for homem, colocou a vírgula depois de TEM...

Cruzeiro em Miami

Documentos necessários: Passaporte e ESTA – Sistema Eletrónico para a Autorização de Viagens, este documento tem que ser tratado com uma antecedência mínima de 72h e se for aprovado tem duração de 2 anos.
A viagem tem forma de excursão! Pois foi oferecida e estava toda paga. (oh que chatice)
1º Dia
Aeroporto e viagem com escala em Madrid para Miami, esta foi a parte mais chata: 9h sentada, mal sentada, em pé, encolhida, semi-esticada pufff…. Mas assim que chegamos ficámos logo 2h em pé para esticar o pernil, no controlo do checkout do aeroporto. Os senhores não mostram os dentes, não querem saber se as filas chegam até ao infinito, não querem saber se estamos ansiosos para pôr o pezinho em Miami Beach, não, eles só querem saber se temos ar de talibãs se levamos muito ou pouco dinheiro e se temos objetivos duvidosos para a estadia.
Resumindo, entre o atraso da Ibéria e o controlo do aeroporto perdi uma tarde de compras na Collins Avenue! Quem me paga estes danos Morais e Psicológicos?! Adiante….
Chegamos a Miami Beach, mais propriamente ao Hotel, à hora de ir jantar. O Hotel foi o Marriott South Beach, na Ocean Drive frente à praia. Que devo confessar tem a melhor cama deste planeta, corrijo, do Universo. E o restaurante foi o Red Steakhouse cujo menu tinha um bife que se derretia na boca.
Vista traseira do Hotel Marriott Miami Beach
2º Dia
Mal deu para apreciar o delicioso pequeno-almoço do hotel, porque tínhamos que ir à praia e à Collins Avenue, antes da partida para o Cruzeiro. Porque era obrigatório, tinha prometido a uma certa alminha que ia pôr o pé naquela água e tinha prometido a mim mesmo que ia à Victoria Secret, (e valeu tanto a pena).
 A bela da casinha do Nadador Salvador
Após estas correrias cruzeiro ai vamos nós………….
E o cruzeiro era fantástico, e as pessoas eram super simpáticas e aquilo que eu pensava que era para ricos reformados, passou a fazer parte de mim e de exigências futuras.
 O nosso cruzeiro "Millenium Celebrity Cruises"
O quarto um mimo, o glamour, os pormenores, a comida, o acompanhamento, as atividades, a piscina, o jacuzzi, a piscina de talassoterapia. Enfim não tive tempo para tudo o que o cruzeiro oferecia. 
3º Dia
Quando acordei o “hotel flutuante” estava em Key West, que é uma ilha no estreito da Flórida tínhamos a manhã para ir visitar a ilha que é bem pitoresca e onde à polícia chamamos “sheriff”. Locais a visitar a casa de Hemingway, a base naval, Casa
Marina, o Forte Matello.
 Key West
De volta ao cruzeiro rumo a Cozumel, México…. E de volta à vida “chata” do cruzeiro. Jacuzzi, a piscina de talassoterapia e a espreguiçadeira ao solinho!
Nesta noite houve o jantar formal, homens de fato e smoking e mulheres de…  bem na verdade gostava de vos dizer apenas vestidos elegantíssimos, mas eu vi de tudo, elegantes, não elegantes e a roçar o ordinário.
4º Dia
Cozumel – depois do almoço fomos de autocarro privado para uma visita pela ilha, paramos numa destilaria de Tequila, no El Mirador, visitamos El Cedral, uma antiga cidade Maia (a propósito o Guia informa que o mundo não vai acabar este ano, por favor não alterem o que os Maias disseram, é apenas o fim de um ciclo). E seguimos para a Praia Maia Beach Park, onde apanhamos solinho ao final da tarde, de volta ao Porto de Cozumel deu tempo para umas comprinhas mexicanas, antes de entrarmos a bordo.
 o Sr. da destilaria em Cozumel
 El Cedral, aldeia Maia
5º Dia
Foi de navegação rumo a Miami – neste dia o cruzeiro organiza muitas atividades e é também o dia em que a tripulação se vem despedir de nós.
 Cruzeiro último dia - atividades organizadas pela tripulação
6º Dia
Chegada a Miami – depois fomos mais uma vez em autocarro privado em direção ao Parque Nacional de Everglades, a única área subtropical preservada da América do Norte. Na verdade, o parque possui uma flora tanto subtropical, como tropical, sendo famoso pela quantidade de pássaros, além dos jacarés e crocodilos. Com uma área de 6.105 km², Everglades recebe cerca de um milhão de visitantes anualmente, estando classificado como património mundial pela UNESCO. Andamos de aircrafts o que é fixe, e vimos alligators o que é medonho!

Um alligator fofinho  

Depois ainda fomos em direção a “Little Cuba/Havana” para almoçarmos na Casa Juancho.
Esta zona de Miami foi ocupada por cubanos nos anos 60 e praticamente só se fala espanhol.

Só para que conste entramos todos de forma não apropriada! 

Depois do almoço rumamos ao aeroporto de Miami.


7º Dia – chegada deprimente a Lisboa pois estava frio e a chover e o meu corpinho já não estava habituado a menos de 26®.

Coisas que me ficaram na cabeça:
- Quero voltar!
- Se pudesse tinha ficado mais um dia em Miami Beach, para conhecer melhor o estilo noturno e fazer mais compras.
- Os pequenos-almoços são divinais, ainda salivo a pensar neles.
- Aquele colchão do Hotel é para lá de divinal.
- Devia viver todo o ano naquela temperatura e assim era realmente mais feliz!
- Quero fazer um cruzeiro com o meu grupo de amigos, nem que seja ali no tejo.
- Quero voltar aos Estados Unidos, nem que para isso poupe durante os próximos 10 anos.
- Dentro do barco está sempre frio por causa do ar condicionado, a quem é friorento como eu não esquecer casaquinhos leves.
- Enjoei no barco no dia em que chegamos e saímos do México.
- Na América é tudo em grande exatamente como tinha no meu imaginário, carros, pessoas, comida e “boobs”.
- Ah e a Ibéria portou-se mal, muito mal, atrasos, perdas de ligação, comida para lá de horrível e partiram-me a mala que a Finesse me emprestou! Shame on you!





11 de abril de 2012

O planeta Bimbotão - II



Por estar numa posição de equilíbrio entre duas galáxias, correndo o risco de se despenhar num buraco negro desaparecendo para sempre, os Bimbotões resolveram fazer algumas viagens de reconhecimento por todos os planetas circundantes e chegaram à conclusão que o único planeta ao qual se poderiam adaptar seria o planeta Terra.

O meio ambiente era muito idêntico a Bimbotão, e além disso ficaram muito intrigados com a existência de botões neste planeta, uma vez que nos outros planetas já visitados, estes não existiam. Não eram bimbs (inteligentes), mas valia a pena investigá-los.

As primeiras viagens até ao planeta Terra (nos anos 70) foram longas e muito desconfortáveis, pois cada Bimby (nave espacial fabricada em Bimbotão) só tinha um botão (on-off) e apenas podia ser pilotada por um único Bimbotão.
 
As Bimbys foram evoluindo ao longo dos tempos e para além do botão on-off, as novas versões já tinham mais um botão para regular a temperatura, tanto no seu interior como no próprio motor, no entanto ainda não era possível transportar mais que um Bimbotão no seu interior.


 
A partir da terceira e quarta versões, as condições melhoraram, não só com novas funcionalidades em que já era possível regular a temperatura e a velocidade, como também já era possível transportar vários Bimbotões, ainda que poucos.
  
O novo modelo que já está a ser utilizado como meio de transporte entre os dois planetas, tem todas as potencialidades que se possam imaginar.

Além das funcionalidades das outras versões (bastante melhoradas, claro) tem ar condicionado, air-bag, sistema de suspensão no ar, travagem soft-stand e uma janela panorâmica.

O seu interior é extremamente confortável e luxuoso e nem sequer falta um elevador que percorre todo o espaço em segundos.
Pode transportar uma família inteira de Bimbotões, bem como todos os botões necessários ao seu bem estar, pois como bem se lembram, os Bimbotões precisam de vários botões para o seu dia a dia.

Como topo de gama, este recente modelo tem uma série de botões exteriores (15 ao todo) com diversas funcionalidades e como mencionei anteriormente, parecem inofensivos, mas ….


9 de abril de 2012

Dubai

BI dos Emirados Árabes Unidos:
  • Nome do país: Emirados Árabes Unidos (EAU)
  • Capital: Abu Dhabi
  • Cidade mais populosa: Dubai
  • Governo: Monarquia Constitucional Parlamentarista
  • Presidente: Sheikh Khalifa bin Zayed Al Nahyan (Governante de Abu Dhabi)
  • Vice-presidente e Primeiro Ministro: Sheikh Mohammed bin Rashid Al Maktoum (Governante do Dubai).
  • Fuso horário: + 3 horas em relação a Lisboa
  • Moeda: Dirham dos Emirados  (AED)
  • Língua Oficial :Árabe embora o inglês se ouça por todo o lado.
  • Religião : Islâmica, e o mês do Ramadão vai de 20 de Julho a 18 de Agosto de 2012, e altera-se todos os anos.
  • Clima: Desértico. Verão com temperaturas altas, cerca 35°C entre os meses de Junho até ao final de Agosto. Já o inverno é muito agradável com temperatura entre 14°C  a 23°C.  Chuva é muito raro.
  • Electricidade : 220/240  Volts. As tomadas são de 3 pinos, embora em muitos hotéis exista a nossa tomada.
  • População: Mais de três quartos dos habitantes da cidade vêm  de outros países, em especial, do sul da Ásia como a Índia, Paquistão e Afeganistão e das Filipinas, os quais representam a mão de obra popular. Além disso muitos europeus imigraram para o Dubai em busca de melhores condições e desempenham funções muito bem  remuneradas.

Hotel que recomendo: Le Royal Meridien Beach Resort & Spa Dubai
http://www.booking.com/hotel/ae/le-royal-meridien-beach-resort-spa-dubai.en.html 


Este Hotel tem um serviço excelente, com pessoal muito simpático, tem praia e fica junto ao Dubai-Marina.


Dicas:
  • Os táxis no Dubai são muito baratos, embora não tenha sido essa a nossa opção, como quisemos alugar um carro tivemos de tirar a carta internacional no IMTT que ficou a 60€ e depois  preparem-se para as filas (no IMTT)...
  • Uma das preocupações de quem visita o Dubai é em relação ao visto. Todos os cidadãos portugueses podem tratar do visto diretamente no aeroporto do Dubai e é obtido na hora.
  • Não sei se será mito ou não mas dizem que todos os cidadãos que já estiveram em Israel terão muitas dificuldades para entrar no Dubai. 
  • Para subir até ao 123º da torre mais alta do mundo é necessário comprar bilhete, que poderá ser feito online e fica a 15€ por pessoa (http://www.burjkhalifa.ae), se não o fizerem e  comprarem na altura pagam por cada bilhete 100€. É junto ao Burj Khalifa que existe a dança das águas, é um espetáculo a não perder, dá de 30 em 30 minutos.


  • O parque aquático Wild Wadi fica mesmo junto ao Burj Al Arab, é super divertido e tem uma grande vista sobre o Hotel mais luxuoso, deixo aqui uma imagem do parque.




  • Outro sitio a não perder e que fica perto do Burj Al Arab  é a "Veneza do Dubai".


  • Outra atividade que aconselho a não perder é um Safari no deserto, rodam os 64€ por pessoa (meio dia) e inclui um churrasco num oasis ao fim da tarde com direito a dança do ventre e uma voltinha de camelo. Existe no Oasis uma banca de venda de recordações e existem umas garrafas com areia que eles dizem que escrevem o nosso nome com areia dentro da garrafa, não se impressionem pois é uma fraude, até podem existir alguns verdadeiros mas nós fomos enganados, eles escreveram os nomes com caneta de acetato.

  • "The Lost Chambers" é um aquário com labirintos subaquáticos e túneis e lá encontramos tubarões, enguias, cavalos-marinhos e piranhas e tantas outras espécies.

 
  • Aconselho também a visitar Abu Dhabi, é uma viagem rápida (1h30m) e é uma outra cidade que se está a tornar futurista. Uma outra atração fantástica, mas que quando lá passamos estava fechada devido ao feriado, é o Parque Ferrari onde está a montanha russa mais rápida do mundo.

Dizem que a sensação é a de estar dentro de um Formula 1 onde vai de 0 a 97 km/h em 2 segundos.


  •  O Ramadão é a altura mais sagrada do povo Islâmico, e durante o dia eles não comem nem bebem, assim que o ultimo raio de sol se esconde soam os cânticos e começa a reza e segue-se a festa, existem tendas onde servem comida e bebida ao que eles chamam de Iftar e onde se ouve musica típica. Por todo o lado se ouve Ramadan Kareem.


Eu adorei esta viagem e ficou marcada por variadíssimas razões, os cheiros, os sabores exóticos, o clima quente, o mistério, a excentricidade e o sagrado. Esta viagem foi feita na altura do Ramadão e este mês é o mais sagrado para os islâmicos. É também de salientar que o Dubai é um dos locais mais seguros do mundo, ao contrário do que muita gente possa pensar.
















8 de abril de 2012

Visita ao Cabo de São Vicente

O Cabo de São Vicente próximo de Sagres e a Ponta de Sagres em Portugal juntos formam o ponto mais a ocidente do Algarve. O cabo tem uma falésia de aproximadamente 69 m praticamente sem vegetação.

Já era considerado um lugar sagrado nos tempos Neolíticos, conforme atestam os menhires na zona. O nome da zona em que se localiza recorda o Promontorium Sacrum romano. Os antigos gregos chamavam-no de Ophiussa (Terra das Serpentes), habitado pelos Oestriminis. Os cristãos seguiram a tradição e dedicaram a última zona da terra conhecida a São Vicente, dando também o nome à costa adjacente (Costa Vicentina). De acordo com a lenda, as relíquias do mártir São Vicente foram transportadas da Terra Santa para o cabo por corvos.

O impressionante farol que guia os navios que passam pelo cabo pode ser visitado. Apesar de ser um dos pontos de passagem mais frequentados pelos navios, como têm de respeitar grandes distâncias por razões de segurança, são apenas pequenos pontos no horizonte.
Nas falésias circundantes que sofrem com a força do vasto Atlântico, os pescadores locais arriscam as suas vidas empoleirando-se em sítios dramáticos acima do mar violento. Todos os anos alguns deles, bem como turistas imprudentes, encontram aqui a sua morte.

Fim de Semana no Algarve

Na quinta feira cheguei do trabalho e o meu maridinho tinha uma bela surpresa para mim...um fim de semana em Lagos. Foi muito bom porque passeamos, divertimo-nos, descansamos e  conhecemos mais uma zona do nosso belo pais.
Nunca tinha ido a Sagres, nem a Lagos e gostei, gente muito simpática e ao contrário do que nós pensávamos aquela zona do Algarve estava bastante calma. Também passamos por Albufeira mas já se sabe que é aquela animação.
E uma das coisas que mais gosto  nas viagens ao sul do pais são as belas paisagens...ainda bem que não sou eu que vou a conduzir, porque assim aquilo que vejo vai me enchendo a alma.






 


Feliz Pascoa



A palavra Páscoa vem do hebraico "Pessach", significa passagem e é um evento religioso cristão,  sendo a mais importante festa da cristandade. Na Páscoa os cristãos celebram a Ressurreição de Jesus Cristo, depois da sua morte por crucificação, que teria ocorrido nesta altura entre os anos 30 ou 33 d.C.


O ovo é um símbolo  antigo, anterior ao Cristianismo, que representa a fertilidade e a vida. Os ovos da Páscoa são uma tradição milenar. Na Pascoa costumava-se pintar um ovo de galinha de cores bem alegres, pois é uma data festiva que comemora a ressurreição de Jesus Cristo, o ovo é um símbolo de nascimento.


No Antigo Egipto, o coelho simbolizava o nascimento e a nova vida. Alguns povos da Antigüidade consideravam o coelho como o símbolo da Lua, portanto, é possível que ele tenha se tornado símbolo pascoal devido ao fato de a Lua determinar a data da Páscoa. O certo é que os coelhos são notáveis pela sua capacidade de reprodução, e a Páscoa marca a ressurreição, vida nova, tanto entre os judeus quanto entre os cristãos.
Existe também a lenda de que uma mulher pobre coloriu alguns ovos de galinha e escondeu-os para mais tarde dá-los aos seus filhos como presente de Páscoa. Quando as crianças descobriram os ovos, um coelho passou a correr e espalhou-se que pela aldeia que um coelho teria deixado uns ovos aquelas crianças.