A Gaiola Dourada


Estreou ontem e tem tanto de cómico como de comovente. Ruben Alves homenageia os emigrantes Portugueses em França, em particular os seus pais. E fá-lo de uma maneira brilhante. 
Não desfazendo em nenhum actor, tenho a dizer que a Rita Blanco está perfeita, adoro. 
Gosto do retrato que o realizador nos passa, da simplicidade e honestidade e principalmente da alma lusa que esteve sempre presente do inicio ao fim do filme.
Uma sala de cinema cheia de risos e na hora do fado enche-se de silêncio, como se de uma homenagem se tratasse.
Uma característica que acho que não só os emigrantes têm, como todos os Portugueses em geral, é que nunca estamos totalmente descontraídos e temos sempre vergonha de alguma coisa. Mas as mentalidades vão mudando e a vergonha transforma-se em admiração.


2 comentários:

Os Babinhos disse...

Estou com muita vontade de ir ver dizem que é muito giro.

Beijinhos,

Susana
As Papinhas dos Babinhos

O melhor vem a seguir disse...

Susana,

Vale mesmo a pena ir ver é muito giro.