Compota de Amoras Silvestres



Quando era criança, sempre passei grandes temporadas {férias de verão} no campo com os meus avós. Tantas coisas que aprendi com eles, tantas brincadeiras, cantorias, histórias. E no caminho para a horta, mesmo junto à estrada estavam sempre as amoras grandes  e suculentas e que nos iam distraindo e entretendo o estômago.
Estas férias fui até à Aldeia, e num final de tarde lá fomos nós apanhar amoras para fazer uma compota, um final de dia que rendeu 2 quilos de amoras e uma saudade enorme dos avós. A saudade não é negativa, muito pelo contrário, significa apenas que o tempo que estivemos juntos valeu a pena e que com eles fui muito feliz.

Ingredientes:
  • 1000 kg de amoras silvestres
  • 1000 kg Açúcar amarelo
  • 1 limão
  • 1 colher de chá de canela
Preparação:
Colocar no copo todos os ingredientes e programar 5 seg/Vel.4. Depois programar 30 minutos /100ºC/Vel 1. Eu nunca fico apenas pelos 30 minutos, vai depender da fruta e da quantidade de água que a fruta tem, eu gosto das compotas cremosas {quanto menos liquida tiver a compota vai-se conservar por mais tempo}. Programei mais 20 min/Vel 1/Temp Varoma. Colocar ainda em quente a compota dentro dos frascos esterilizados e fechar imediatamente de formar a ganhar vácuo.

1 comentário:

Ana Filipa Costa disse...

Hummm! Que delícia! O final perfeito para umas deliciosas amoras, gosto muito :)

http://petiscana.blogspot.pt/