28 de janeiro de 2014

O video de Rui Pedro- o menino desaparecido à 16 anos


Hoje partilho este vídeo por tudo aquilo que vale.
Pelo amor desta mãe, pela determinação, pela dor, pela sua luta, pela coragem de nunca ter desistido.  É bom que se partilhe e divulgue este vídeo, pode chegar longe, para poder percorrer caminhos e quem sabe chegar até alguém que ajude a devolver o filho a esta mãe.

27 de janeiro de 2014

Praxes

Praxes.
Nunca achei piada nenhuma. E acho que há formas bem mais divertidas de se conhecer pessoas e de iniciar um novo percurso. Para mim não passam de humilhações, é a minha opinião e vale o que vale.
Isto que aconteceu no Meco, além de trágico trouxe ao de cima uma organização que ao meu ver é sinistra. Deixo um vídeo que revela muito mais do que aquilo que muitas vezes os nossos olhos vêm.




Panquecas



A minha sobrinha B. deu-me esta receita de panquecas e é uma óptima solução para aqueles dias em que andamos em volta de receitas porque nos apetece algo doce, e esta é simples e temos os ingredientes sempre à mão, faz um lanchinho delicioso e pode-se comer com doce ou salgado, aqui há gostos para tudo. Eu pessoalmente adoro comer com gelado...
Ingredientes:
  • 220 g de farinha
  • 60 g de açúcar
  • 250 g de leite
  • 2 c. de chá de fermento em pó
  • 2 ovos
  • 2 c. de sopa de óleo

Preparação:
Colocar todos os ingredientes no copo e programar 40 seg. vel. 5. 
Numa frigideira anti aderente pré-aquecida colocar 2 a 3 colheres de sopa de massa espera uns segundos até formar uma bolhinhas na superfície então está na hora de voltar a massa com a ajuda de uma espátula, mais uns segundos e voltar a repetir o procedimento.


v 

26 de janeiro de 2014

Doce de abóbora


Gosto muito de ter doces em casa, até porque acho que são uma óptima substituição à manteiga. Este doce para além de ser óptimo com pão, tostas, serve também de uma óptima entrada se for utilizado em conjunto com o requeijão.
Deixo-vos a receita e sirvam-se da maneira que mais gostarem.

Ingredientes:
  • 500 g de açúcar
  • 700 g de abóbora
  • 1 pau de canela
Preparação:
Colocar a abóbora em pedaços dentro do copo e o açúcar e programar uns segundos na vel. 5 para triturar um pouco. Junta-se o pau de canela e programa-se 40 min, vel. 1 temp. 100ºC.
Quando terminar o tempo verificar a consistência do doce, eu pessoalmente gosto dele mais apurado e no final do tempo ainda programo mais 10 min. vel 1 temp. varoma.

24 de janeiro de 2014

Lulas estufadas


Faço lulas estufadas muitas vezes, e desta vez acompanhei com um belo de um arroz branco, feito na bimby...claro!

Ingredientes:
  • 1 cebola média
  • 2 dentes de alho
  • 50 g de azeite
  • 1 kg de lulas
  • 200 g de polpa de tomate
  • 50 g de vinho branco
  • 100 g de natas
  • sal q.b. 
  • uma folha de louro
Preparação:
Colocar no copo da bimby a cebola, o alho e o azeite e picar 5 seg, vel.5, programar 5 min. temp. varoma.
Colocar o tomate, a folha de louro, o sal, as lulas e o vinho e programar 15 min. vel. colher inversa, temp. 100ºC.
Por fim adicionar as natas e programar 5 min. vel. colher inversa, temp. 100ºC.

22 de janeiro de 2014

DIY - Organização





Por vezes bastam pequenos pormenores para nos facilitarem o dia a dia. A minha cozinha não tinha muita arrumação e para me ajudar a manter tudo sempre à mão e ter um bom espaço de bancada, comprei duas estantes de parede, um tampo e as respectivas pernas. Ajudaram também a preencher o espaço e torna-lo mais prático e tudo isto sem gastar muito dinheiro, tudo Ikea.



Eu adoro brincos, é um dos acessórios que uso religiosamente todos os dias {e quando me esqueço sinto-me despida...manias}.
Quando se tem alguns pares, as tradicionais caixinhas não são a melhor solução. Tive os brincos durante muito tempo em caixinhas, mas nem metade  usava, ou porque estavam no fundo e nas pressas da manhã nunca tinha tempo para os escolher e ia sempre a primeira opção, ou porque se enrolavam uns nos outros...enfim uma maçada. Depois encontrei este organizador no Ikea e sem dúvida a melhor solução que encontrei até hoje. 


Acabei também por achar que seria uma boa ideia para as gravatas, pois a solução que tinha anteriormente não era muito funcional, pois estavam penduradas num suporte próprio mas estavam sempre a escorregar.

21 de janeiro de 2014

Papa Maizena


O maridinho teve de extrair um dente do siso, e tenho a dizer que não é fácil, fica-se sem apetite e depois quando chega a fome não podemos mastigar nada, então lembrei-me da recita da minha avozinha... E que tal uma papa maizena?
É simples, temos sempre em casa {eu tenho sempre} e faz-se num instante. Embora a receita venha no próprio pacote, partilho aqui na mesma.

Ingredientes:
  • 500 ml de leite
  • 60 g de açúcar {numa próxima vez ponho menos}
  • 40 g de maizena
  • casca de limão
  • canela q.b.
Preparação:
Misturar o açúcar com a maizena e dissolver no leite, colocar num tacho e adicionar a casca de limão, ir mexendo, sempre em lume brando até engrossar {conforme a preferência de cada um}.
Podia ter feito na bimby...pois podia, mas olhem não fiz e bem arrependida fiquei, porque enquanto fiquei ali especada a mexer, e mexer podia ter feito outra coisa qualquer...

20 de janeiro de 2014

Caracóis Doces


Tinha uma base de massa quebrada que tinha descongelado para fazer uma quiche, mas entretanto passou-se e decidi {aproveitar a massa que já estava descongelada} para fazer uns caracóis doces.  E depois de alguma pesquisa para saber como rechear os meus caracóis, encontrei este blog que me ajudou a encontrar o recheio {que para mim} é perfeito. Agora vou até ali deliciar-me e venho já.


Ingredientes:
  •  base de massa quebrada 
Para o Recheio:
  • 100 g de açúcar
  • 4 colheres de sopa de canela
  • 100 g de manteiga
  • 1 colher de sopa de sementes de papoila

Preparação:
Coloquei todos os ingredientes para o recheio dentro do copo da bimby, para amolecer a manteiga e misturar tudo. Depois coloquei essa mistura no centro da massa quebrada e espalhei de forma a tornar o recheio homogéneo. Enrola-se a massa, corta-se e distribui-se num tabuleiro em circulo. Vai ao forno a 180ºC durante 20 minutos.

O Melhor do Meu Dia # 8



A segunda-feira está longe de ser o meu dia da semana favorito, por inúmeras razões, e esta estava a prometer ser qualquer coisa como a pior segunda feira do ano, até ao momento em que ouvi que as mixórdias de temáticas vão começar. 
Isto mudou tudo no meu dia! Porque ao começar logo pela manhã a esboçar um sorriso de orelha a orelha torna tudo tão diferente.

16 de janeiro de 2014

O Melhor do Meu Dia # 7





Há muito que não escrevia sobre o melhor do meu dia, não porque não o tenha, mas porque há coisas que guardamos para nós. 
Hoje tive um dia cansativo mas ainda assim fui até à "cidade" ver a minha sobrinha B, e ainda bem porque ela é muito fofinha e fez-me um jantar delicioso, com apenas 13 anos já tem um enorme jeito para cozinhar, gosta de mexer nos tachos mas sobretudo, gosta de agradar as pessoas. Se houvesse aqui em Portugal um MasterChef Kids tenho a certeza que ela poderia sair uma vencedora.

Ervilhas com ovos escalfados

Há dias vi o ChefS'Academy {um programa que adoro e que nunca perco}. E  numa das aulas sobre a preparação de refeições com ovo a técnica que mais curiosidade me despertou foi a do ovo escalfado. E pensei...se alguém tem tanto trabalho a preparar assim um ovo, é porque valerá mesmo a pena.
E sabem o que saiu desta experiência? O melhor  ovo escalfado que já alguma vez comi.




Ingredientes:
  • 1 cebola média
  • 2 dentes de alho
  • 150 g tomate em calda
  • 50 g de azeite
  • 200 g de chouriço ás rodelas
  • 1000 g ervilhas congeladas
  • 1 caldo de legumes
  • 150 g d vinho
  • 100 g de água
  • sal e coentros
  • ovos para escalfar

Preparação:
Colocar no copo a cebola, o alho, o tomate, o azeite e picar 5 seg/vel 5.
Refogar 5 min/Varoma/vel 1. Triturar 15 seg/vel 7, para que o molho fique homogéneo.
Adicione o chouriço e programar 3 min/Varoma/vel 1.
Adicionar as ervilhas, o caldo, o vinho, a água e programar 15 min/Varoma/ Linkslauf /vel Sanftrührstufe
 
 
Preparação dos ovos:
 
Colocar num tacho água a aquecer, mas não deixar ferver. Arranjar uma taça pequena (para servir de suporte) e colocar um pedaço de pelicular aderente de forma a conseguir colocar um fio de azeite e um ovo inteiro, juntar a película, formando um casulo e com a ajuda de uma espátula mergulhar na água quente durante 4/6 minutos. Fica um ovo escalfado delicioso, dos melhores que já alguma vez comi.
 
Deixo aqui a aula sobre os ovos, para qualquer dúvida que haja, nada com um verdadeiro chef para explicar.

13 de janeiro de 2014

Cristiano Ronaldo o Melhor do Mundo 2013

Saiu pequeno da ilha da Madeira e depressa tornou-se Grande e conquistou o mundo. Os Grandes são vistos como arrogantes, os que têm mérito e orgulho naquilo que fazem são vistos como vaidosos. Os que são determinados em conquistar aquilo que se propuseram são considerados ameaças. E todo o teu trabalho, dedicação, persistência, força de acreditar, e orgulho pela tua nação está para além de tudo aquilo que dizem de ti, está na verdade com que jogas. 
E tu Ronaldo és inspiração... e hoje o Melhor do Mundo!




12 de janeiro de 2014

TRANÇA



Esta receita é do livro base da bimby e chamei-lhe XXL porque fica realmente muito grande. É rápida e simples de preparar e depois é só comer e chorar por mais.

Ingredientes:
  • 250 g de leite
  • 100 g de margarina
  • 50 g de açúcar
  • 1 saqueta de fermento em pó
  • 2 ovos
  • 700 g de farinha
  • 1 c. de chá de sal
  • 1 gema de ovo para pincelar

Preparação:

Colocar no copo da bimby o leite a margarina e o açúcar e programar 2 minutos/37ºC/vel.2. Juntar o fermento e os ovos e programar 10 seg/vel6. Por fim juntar os restantes ingredientes e programar 3 min/vel. espiga. Deixar levedar durante 20 minutos num local morno. Fazer 3 rolos iguais e entrelaçar de forma a criar uma trança, pincelar com a gema reservada e colocar no forno pré-aquecido a 50ºC e deixar que a trança duplique de volume e então subir a temperatura do forno para 180ºC e deixar durante 20 minutos.

9 de janeiro de 2014

Restaurante O Talho


É caso para se dizer directamente do talho para a mesa. 
Kiko Martins criou um conceito inovador e cheio de charme onde o ingrediente principal é a carne, não fosse ele próprio também um talho. Posso dizer que é o talho mais bonito que já vi, que tem uma sala de refeições acolhedora, charmosa, e ao mesmo tempo descontraída. A maneira como os alimentos são empratados vai também para além do convencional, desde tábuas a ardósias, tudo tem um toque especial. Os funcionários muito atenciosos e simpáticos. Quanto à confecção nada a apontar só mesmo a repetir. E para mim a cereja no topo do bolo são as sobremesas, deliciosas e dificeis de escolher mas deixo a minha recomendação, Baklava de nozes e gelado de iogurte grego.
O meu maridinho fez anos e para este dia especial escolhemos um restaurante que nos levasse a viajar entre sabores e bom gosto.


Creme de couve flor e cogumelos

A sopa não tem de ser aquela refeição que toda a gente torce o nariz, e a prova disso é este creme aveludado. Digo-vos que é de comer e chorar por mais.




INGREDIENTES:
  • 1 cebola
  • 200 g de alho francês
  • 100 g de cogumelos
  • 500 g de couve flor
  • 1200 g de água
  • sal q.b. 

PREPARAÇÃO:

Colocar todos os ingredientes no copo da Bimby e programar 30 minutos vel. 1 temp. varoma.No final triturar 1 minuto e ir da velocidade 1 progressivamente à velocidade 7.

6 de janeiro de 2014

Origem do Bolo Rei




Julga-se que tem mais de 2000 mil anos e que nasceu de forma a simbolizar as ofertas que os três Reis Magos, Baltazar, Belchior e Gaspar deram ao menino Jesus. A frutas cristalizadas representam a mirra, a côdea "reluzente" representa o ouro e o cheiro o incenso. E se repararmos bem, o Bolo Rei de facto é uma espécie de coroa  cheia de "pedras preciosas".
Mas conta a lenda que quando os Reis Magos avistaram a estrela que anunciara o nascimento de Jesus, disputaram quem é que seria o primeiro a premiar o menino. Então um padeiro, para terminar com a confusão, confecionou o bolo e colocou-lhe uma fava, e a quem calha-se seria então o primeiro. Mas a lenda não conta qual dos Reis foi o feliz contemplado.
Tanto quanto se sabe o bolo é produzido em Lisboa pela primeira vez, por volta de 1869 na confeitaria Nacional através de uma receita trazida de Paris.

Entretanto nos dias de hoje, já se deixou de colocar a fava e o brinde devido a exigências da ASAE.

5 de janeiro de 2014

Até sempre Eusebio



Aos 71 anos morre o "pantera negra",  o "king",  o Eusébio, como lhe queiram chamar. Depois de todas as fragilidades que tinha a nível de saúde, parte cedo e deixa um pais triste mas orgulhoso por aquilo que foi.

4 de janeiro de 2014

Bolachas com sementes de papoila




Um dia frio e chuvoso como foi o de hoje, leva-me sempre a querer fazer algo de doce. E que tal umas bolachinhas acompanhadas com chá? 


Ingredientes:
  • 100 g de açúcar
  • 2 colheres de sopa de sementes de papoila
  • 300 g de farinha
  • 150 g de margarina
  • 2 gemas 
  • 2 colheres de sopa de leite
Preparação:
Colocar todos os ingredientes no copo da bimby e programar 15 seg. Vel.5. Para fazer a forma das bolachinhas, usei uma chávena de café. Levar ao forno durante 15 minutos a 180ºC.


Ficaram uma delicia!!!