Estreou no passado dia 16 de Abril no teatro Tivoli e vai até ao Coliseu do Porto nos dias 3 e 4 de Julho. Esta adaptação aos palcos já fez furor nos EUA e por vários países da Europa, encenado por António Pires, chega agora a Portugal  e promete mexer com o público, principalmente pela irreverência.
Este é um espectáculo  para todos os que leram o livro, os que nunca ouviram falar, os que adoram e até mesmo os que odeiam, é para todos os que gostam de dar boas gargalhadas e passar um serão bem divertido.
Há uma banda em palco  e um elenco extraordinário com umas vozes lindíssimas, não desfazendo em ninguém destaco alguns atores que gosto muito, Pedro Pernas {que sou fã},  Sissi Martins que tem uma voz que é qualquer coisa e Catarina Guerreiro que dá vida a duas personagens num vestir e despir de vestido e com muito talento.
Deixo aqui um aviso, antes de entrar na sala é melhor deixar a moral e os bons costumes cá fora, e já agora para os mais tímidos, é melhor não ficarem à frente. Posto isto acrescento apenas que adorei.





  

"Ser pela liberdade não é apenas tirar as correntes de alguém, mas viver de forma que respeite e melhore a liberdade dos outros."                                                                          

Nelson Mandela
      



Liberdade

by on 17:47
    "Ser pela liberdade não é apenas tirar as correntes de alguém, mas viver de forma que respeite e melhore a liberdade d...


Já tive animais de estimação, um gato, um cão, uma caturra, nenhum deles foi comprado.
Nenhum deles tinha uma raça pura {e isso pouco me importa também}. 
Não tenho nada contra a quem compre animais em lojas ou mesmo a particulares, mas há coisas na vida que me fazem questionar e uma delas é porquê gastar dinheiro num animal, quando temos tantos outros há espera {gratuitamente} de amor e carinho. Fiquei fã desta iniciativa, e o mais interessante de ver neste vídeo é que estas pessoas estavam interessadas em comprar animais, que anteriormente estavam abandonados...só demonstra que muito mais importante do que a beleza de um animal é a empatia e a ligação que se estabelece de imediato, e isso não se compra é de graça.


E quem tem uma mãe tem tudo...
Hoje a minha faz 60 primaveras e aquilo que mais desejo é que festeje mais 60 com todos juntos para ajudar a apagar as velas.

Dia de Festa

by on 21:46
E quem tem uma mãe tem tudo... Hoje a minha faz 60 primaveras e aquilo que mais desejo é que festeje mais 60 com todos juntos para ajudar ...
Há muitos anos que já não faço isto {sim há anos} mas hoje deu me para isto, agarrei nesta tinta e nesta cor e bora lá mudar {só um bocadinho} o visual. E depois acabou-se {para já} aquele cabelinho branco que insiste querer aparecer à frente de todos os meus cabelos castanho escuro...enfim!
Pintar o cabelo é daquelas coisas que nunca fiz num cabeleireiro, é muito mais caro e vamos a ver todas as tintas e afins são sempre abrasivos.

Já não é o primeiro leilão que participo da Deco e do qual saí beneficiada porque passei a poupar mais. Agora vou juntar-me outra vez a esta corrida para obter os preços mais baixos, desta vez são 35 produtos considerados essenciais. Segundo o INE o valor gasto em produtos alimentares, é a 3ª maior despesa.
O desconto deste cabaz será válido durante um ano, não há consumo obrigatório, cada um vai e compra aquilo que quer nas quantidades que desejar mas só beneficiará de desconto os produtos que estiverem indicados no cabaz. Para mais dúvidas ver ISTO.  As inscrições são AQUI.


O cabaz inclui os seguintes produtos essenciais:

01. Água
02. Açúcar
03. Massa
04. Arroz
05. Farinha de trigo
06. Azeite
07. Óleo alimentar
08. Cereais de pequeno almoço
09. Leite UHT
10. Manteiga
11. Ovos
12. Pão fresco
13. Fiambre embalado
14. Queijo
15. Iogurtes
16. Peixe congelado
17. Legumes enlatados
18. Atum em conserva
19. Legumes ultracongelados
20. Carne (talho)
21. Peixe fresco
22. Fruta fresca (avulso)
23. Legumes frescos (avulso)
24. Detergente para lavagem manual da loiça
25. Detergente para a máquina da roupa
26. Guardanapos de papel
27. Papel de cozinha multiusos
28. Detergente multi superfícies
29. Lixívia
30. Papel higiénico
31. Champô
32. Gel de banho
33. Sabonete
34. Dentífrico
35. Gel de barbear

Há blogs que de tão bonitos que são me fazem lá voltar com frequência. E é o que acontece com o blog da Christina Greve, mas para além de bonito é inspirador pela experiência que a Christina partilha conosco. 
Não conheço a Dinamarca, mas um dia destes gostava de ir conhecer esta terra bonita e aproveitar e fazer um workshop com a Christina...quem sabe, um dia destes!
No passado dia 09 de Abril de 2015 estivemos no primeiro concerto da banda Pentatonix em Portugal que deu início à sua Tour pela Europa intitulada de "On My Way Home".

Este quinteto de vozes incríveis originárias dos EUA, Texas, fazem com as vozes tudo, literalmente tudo, desde bateria, baixos, efeitos e claro cantar, e que bem que eles cantam.

O Coliseu de Lisboa esteve cheio e esgotou para receber os Pentatonix. Pessoalmente adorámos o concerto com muito boa onda, gente gira e muito boa música. Foi um concerto tecnicamente bem conseguido, com um som fantástico bem "afinado" e com uma prestação incrível da banda que por vezes fazia duvidar ao espectador se não estaria a ouvir um CD, mas definitivamente não estava!

Por último, partilhamos convosco algumas fotos deste concerto fantástico!









Ouça agora a versão dos Daft Punk do Pentatonix.


Em Fevereiro fui ver António Zambujo no Coliseu dos Recreios e o meu maridinho sugeriu jantarmos  num restaurante perto de casa {que fica a uns 15 km de carro}, além de ficar mais barato havia menos confusão, tendo em conta que o concerto começava às 21h30m pensei - "ok, vai dar tempo" . Mas o que eu não esperava era que nesse mesmo dia aquela zona estivesse entupida de gente por causa dos vários espectáculos. Parques de estacionamento completamente lotados, um transito terrível, e eu com um nervoso miudinho porque não queria perder nem um segundo da Rua da Emenda, o que eu desejei este concerto e o quão difícil foi alcança-lo. Então mesmo em cima das 21h30m encontramos estacionamento e fomos a correr, não perdi pitada do concerto. No regresso ao carro e já em andamento verificamos que tínhamos um pneu furado, no dia seguinte quando o fomos por a arranjar verificamos que tinha sido uma facada no pneu.

Em Março foi a vez de ver The Black Mamba em Sintra no Olga de Cadaval e aí o maridinho disse "agora é que já não nos enganam, vamos cedinho, estacionamos com calma, jantamos no chinês mesmo em frente ao Olga de Cadaval". Parece que ele aprendeu, nesse dia chegamos cedo, estacionamos bem e fomos jantar às 19h30m. O restaurante {ali nos arredores o único aberto} estava composto mas não cheio, sentamos e fizemos o nosso pedido...foi enchendo, enchendo até que lotou e começou a atrasar os pedidos...comemos as entradas com muita calma mas quando comecei a ver as horas a passar enchi-me de nervos, até que às 21h00m fiz um ultimato ao funcionário se o comer não chegasse à minha mesa dentro de 5 minutos abandonava o restaurante. O concerto estava marcado para as 21h30m, lá engolimos o arroz xau-xau e o pato-pequim, e já não deu tempo nem para cafés nem sobremesa, só mesmo a um floco de neve que estava junto à caixa de pagamento. Chegamos mesmo à hora e mais uma vez a correr.

Bom e como não há uma sem duas nem duas sem três, Abril {mais precisamente ontem} foi dia de Pentatonix no Coliseu dos Recreios, aprendemos que:
  • Chegar cedo {19h00} - check
  • Jantar perto da sala de espectáculos- check
  • Não jantar num restaurante chinês {porque não têm andamento} - check
  • Estacionar cedo - check
  • Estacionar no parque para não ter surpresas com os pneus - check
Posto isto, fomos escolher um restaurante, pensamos no Hard Rock mas pela quantidade de gente achamos arriscado, e no caminho para a rua do coliseu vimos um restaurante Indiano simpático e praticamente vazio, entramos e fizemos o pedido e o restaurante começou a encher, a encher...e as nossas entradas não chegavam, e eu pensei estamos perdidos e comecei a ficar nervosa...sim o chicken tandoori foi engolido à pressa e os cafés bebidos já ao balcão. Um grupo de pessoas que se sentaram mesmo junto a nós não chegaram sequer a jantar porque não veio a tempo. Quando entramos no Coliseu já estava à pinha mas chegamos a tempo.

Ainda não sei para quando o próximo concerto {acho que vou querer descansar um pouco} mas para a próxima estamos a pensar lá ir lanchar. 




A minha colega Diana {a minha companheira nesta luta que é perder peso} indicou-me esta aplicação e fiquei logo fã.
Esta aplicação é super simples de usar, gratuita, com uma grande base de dados pois os alimentos que consumimos encontram-se rapidamente,  tem um leitor de código de barras que nos facilita ainda mais a procura do alimento e para mim o melhor disto tudo é que não soma só as calorias, soma também todos os nutrientes que cada um contém e no fim do dia temos um relatório com os alertas daquilo que consumimos em maior quantidade ou em défice.
Com esta aplicação nunca tivemos tão perto de comer com mais equilíbrio, aquilo que comi hoje em excesso posso compensar já amanhã.
Esta aplicação monitoriza a perda de peso e também o aumento de peso para aqueles que contrariamente a mim precisam de uns quilinhos a mais.
Querem saber mais? Cliquem AQUI






Estas mini férias da Páscoa foram muito agradáveis, o tempo convidava a sair de casa e aproveitar o que de melhor a natureza nos pode dar, a tranquilidade, os cheiros, os sons, as cores. 
A vida nas grandes cidades não é fácil, e quando chego ao campo aquilo que mais gosto de fazer é aproveitar os dias a fazer coisas que normalmente quando estou pela cidade nunca faço.
As próximas mini-mini férias estão quase a chegar e mal posso esperar para lá voltar.







Nunca tive muito jeito para desenhar, mas sempre gostei muito de colorir imagens desenhadas com perfeição.
Quando soube, através da minha amiga Raquel, que fizeram um livro para colorir para adultos fui logo à procura porque achei que seria um entretenimento interessante para estas mini férias da Páscoa. Tem imagens muito bonitas e elaboradas é relaxante, inspirador  e anti-stress, chama-se a isto Arte-Terapia. Estimula também a nossa criatividade e ocupa o nosso tempo livre.