A selecção Portuguesa não é nojenta, eles são é super heróis




Não restam dúvidas que Portugal é o patinho feio deste Euro 2016. Temos sido alvo de grandes criticas por parte da imprensa e dos adeptos franceses. Mas para mim estas opiniões valem o que valem e o futebol não tem milagres, tem magia e é essa magia que faz mover multidões, que faz acreditar que tudo é possível e isso viu-se não só com Portugal mas com outras selecções ditas "mais pequenas", que com força e união acreditaram até ao último minuto, até à ultima hipótese de virar o resultado, o futebol é isto, é espectáculo. 
Eu vejo sempre o copo meio cheio, e por essa razão agrada-me muito mais empatar 4 jogos e ganhar apenas 1 {mesmo que seja fora dos 90 minutos} e conseguir estar nas meias finais, do que ganhar 4 jogos e perder o único jogo que me dá acesso a continuar a sonhar por um titulo. E não é isso que os super-heróis fazem? Salvar mesmo no último fôlego?
Se seria bom ter ganho todos? Seria mas isso já aconteceu e muitas das vezes nem às meias finais conseguimos ir e nem nos livramos de criticas, 
existe uma grande carga "política e social" no futebol
e é aqui que o futebol deixa de ser apenas um desporto e um espectáculo e passa a ser "nojento" {aproveito a descrição da França que aqui sim faz todo o sentido}. 
E para terminar esta minha breve visão, de quem vê e se apaixona por futebol apenas quando a selecção de Portugal joga, e vibro de uma forma impropria para cardíacos, relembro que o patinho feio no fim se transforma num belo cisne.




Blog - O Melhor vem a Seguir

Sem comentários: