Ainda sobre a Eurovisão da Canção e não só #100palavraspordia 13/100


Eurovisão


Tenho mesmo de falar disto só mais uma vez. Parabéns à Luísa pela musica extraordinária e ao Salvador pela belíssima interpretação. 
Já falei desta música aquiaqui e aqui e já li tanta coisa bonita e emocionante que acho que pouca coisa mais há a dizer. 
Mas aquilo que quero verdadeiramente chamar a atenção é para o facto de as pessoas só começarem a acreditar verdadeiramente em alguma coisa "made in Portugal"  quando o mundo se começa a manifestar positivamente. Não tem de ser assim quando sabemos que o que fazemos é bom, temos de acreditar e apoiar desde o primeiro minuto, seja na musica, na literatura, no teatro seja em que área for. 
E mesmo depois do Salvador ter feito a diferença, de ter levado uma música pura, cantada da forma mais verdadeira e simples, de ter encantado Portugal, a Europa e o mundo, de ter feito algo de inédito como depois de quase 50 anos de participações ser a primeira vez que se trás um prémio para Portugal e de ter tido a pontuação mais alta de sempre na Eurovisão, aparecem mais uma vez os haters que com crueldade dizem que o Salvador Sobral ganhou porque está doente. 
A mensagem que o Salvador passou só entra no coração de quem deixar, e para isso é preciso ser simples e ter um coração pronto para amar. 

Sem comentários: