Detox Digital #100palavraspordia 54/100



Detox

Acho que não é só de férias que eu preciso... preciso também de um detox digital.
Com a catástrofe que aconteceu em Pedrogão Grande, senti uma necessidade enorme de visitar as redes sociais mais do que o normal, nomeadamente o facebook, porque era lá concentrada toda a informação sobre o que estava a acontece na terra dos meus avós,  o que me ajudou a viver tudo com muita intensidade apesar da distância a que me encontrava. Depois para além das publicações que me interessavam, acabava por ver muitas outras, também relacionadas com a tragédia. Comecei-me a sentir cansada e de cabeça cheia. É nisto que dá, o excesso de informação e utilização das redes sociais. Há por lá muito ruído e isso torna-se muito perigoso. E a prova de que é perigoso, são os factos apresentados por um estudo realizado pela Faculdade de Medicina da Universidade de Pittsburgh, que demonstrou que jovens adultos entre os 19 e 32 anos que visitam muito frequentemente as redes sociais durante a semana, têm a probabilidade de quase 3 vezes mais de vir a sofrer de problemas de depressão em relação aos que passam menos tempo. 
Além dos problemas de saúde que nos pode vir a causar, retira-nos muito tempo, foco, criatividade e isola-nos daquilo que é verdadeiramente bom e importante, as iterações cara a cara com os outros, e o poder de usufruir {sem ruídos} da natureza e daquilo que nos rodeia que é definitivamente delicioso.  
Com isto não estou a dizer que vá encerrar as minhas contas das redes sociais, ou que todos nos temos de afastar definitivamente, até porque reconheço que o acesso fácil a este tipo de ferramentas nos trouxe alguns benefícios. Também não acredito que estar não sei quantos dias completamente desligada do smartphone vá fazer a diferença, se a seguir me ligar novamente a ele. 
O que eu acho que cada um, que se sinta intoxicado, tem a fazer,  é aprender a moderar e a saber quando se deve carregar no botão de DESLIGAR. 
Afinal não é isso que fazemos quando temos algum equipamento a fazer barulho demais?

Sem comentários: