O que andas a fazer com o teu corpo? #100palavraspordia 35/100


corpo

Chegas a um ponto da tua vida em que te esbarras contra uma parede como se não visses o caminho que tens pela frente. Então és obrigada a parar para pensar no que andas a fazer contigo e com o teu corpo, a abrires os olhos e a encarar toda a verdade. 
O nosso corpo é extraordinário e envia-nos constantemente sinais a dizer que as coisas não estão bem, mas tu ignoras e achas que é normal sentir falta de energia porque até nessa semana trabalhaste mais, ou que é normal a obstipação pois sempre foste assim.
Não, não é normal. 
O excesso de peso, a falta de energia, e tantos outros problemas que te surgem são a resposta do teu organismo a informar que algo não está bem.
Antes de teres ficado com o peso a mais, sentiste necessidade de comer acima daquilo que realmente precisavas, aquilo que sentias deu-te um estimulo e sem pensares atiras-te a tudo o que te dá mais prazer, como se fosse um miminho a todas as tuas carências, sejam elas quais forem.
Na maioria dos casos, o excesso de peso surge porque não conseguimos controlar esses impulsos e acabamos por ceder vezes sem conta à chamada fome emocional.  
Mas o verdadeiro problema não está só e apenas nos quilinhos a mais, está em todos esses produtos que ingerimos e que aumentam substancialmente a toxicidade no nosso organismo prejudicando a nossa harmonia e consequentemente a nossa estabilidade emocional.

E agora vou deixar uma dica muito interessante que li hoje na revista Calm, coloca as seguintes perguntas na porta do teu frigorífico/despensa:
  • Será que tenho mesmo fome?
  • Ou será que tenho sede?
  • Quero comer porque estou chateada ou triste?
Depois de te fazeres estas perguntas, de teres  bebido um bom copo de água e teres reflectido e respondido com sinceridade vais ver que é mais fácil de fazeres as tuas escolhas. 


Foto: E-Konomista


Sem comentários: