Os stresses mais comuns de uma viagem #100palavraspordia 81/100


viagem

É tão bom aquela sensação de férias, nem que seja apenas por dois dias. Adoro fazer escapadelas, e há muito tempo que não fazia uma, mas mesmo sendo apenas dois dias, continuo a ter problemas em fazer uma mala de viagem. O tempo é esquizofrénico, tal como algumas pessoas, nunca sabemos se as noites vão ser quentes ou frias, como não sabemos como vamos encontrar certas pessoas, e vai daí levo roupa fresca, roupa assim assim e casaco quentinho, e dás por ti e já tens quase a mala cheia e ainda falta tanta coisa. Mas fico sempre com a sensação de que é mais fácil fazer malas para esse tipo de clima do que conviver com algumas pessoas, a minha mala interior enche com muita facilidade.
Esquizofrenia à parte, na hora de sair de casa conferes, mala check, portátil check, máquina fotográfica check, compras check, carregas o carro, sais em direcção à autoestrada, vais em silêncio durante uns bons quilómetros para descomprimires da azafama e entretanto começa a sessão de perguntas, fechamos a porta? E o gás? Fechaste os estores? E trouxeste a chave de casa da aldeia? Apagamos todas as luzes? Não deixamos nada no elevador? E o carregador do telemóvel, trouxeste? E vamos assim durante uns bons minutos. 
Depois chego lá e o tempo ganha outra dimensão, não há rotinas, nem horários, e deixaste levar pela calma e tranquilidade, e pensas para ti: "como é bom, esta vida do campo".


Sem comentários: