Dia da Libertação» chega cada vez mais tarde


O dia da «libertação» acontece hoje, 3 de Junho de 2012 !!

Em média, os portugueses têm de trabalhar 155 dias este ano para pagar os seus impostos.

Estamos, mesmo assim, entre os 10 países dos 27 Estados Membros da União Europeia que menos dias têm de trabalhar para cumprir as suas obrigações fiscais e celebrar, dessa forma, o Dia da Libertação de Impostos (DLI), um conceito que tem sido explorado nos últimos anos.

Malta é o país que menos dias tem de trabalhar. Depois, vem o Chipre, a Irlanda e o Reino Unido.

Já os belgas são os europeus que mais dias têm de trabalhar, comemorando esse dia apenas a 5 de Agosto, um dia mais tarde do que em 2011.

Os franceses precisam de o fazer até 26 de Julho, os austríacos até 16 e os húngaros até 13 do mesmo mês. Os espanhóis anseiam pelo dia 23 de Junho para chegarem à libertação de impostos, mais quatro dias do que em 2011.

Na Grécia, esse dia chega a 31 de maio, enquanto em 2011 foi apenas a 12 de Junho, 12 dias mais tarde. Isso tem que ver com uma queda dos impostos mais acentuada do que a dos salários.

Já os italianos têm de laborar até 3 de Julho, exactamente mais um mês do que em Portugal, e mais dois dias do que no ano passado.


Isto vale o que vale, mas pelo menos não estamos no final da lista, como é habitual em quase todos os estudos sobre Portugal e/ou os portugueses.

Sem comentários: