O primeiro autocarro anfíbio da Península Ibérica chama-se Lola e já anda pela bela cidade de Lisboa.  Fiquei com uma  vontade enorme em experimentar. Para quem quiser saber mais pode ver aqui mais informação.

Autocarro anfíbio

by on quinta-feira, maio 30, 2013
O primeiro autocarro anfíbio da Península Ibérica chama-se Lola e já anda pela bela cidade de Lisboa.  Fiquei com uma  vontade enorme ...






Ingredientes:

  • 1 iogurte
  • 800g de leite
  • 50g de leite em pó
  • 1 colher de aroma de caramelo


Preparação:

Colocar todos os ingredientes no copo da bimby e programar 4 minutos, vel. 4, Temp. 50. Distribuir pelos copinhos da iogurteira e incubar durante 10 horas.

Simples, barato e muito saboroso. Com este aroma quase que serve de sobremesa :)




Massa:
  • 150 g de açúcar em pó
  • 75 g de açúcar
  • 100 g de claras
  • 125 g de nozes moídas
  • 1 pitada de sal
  • umas gotas de limão

Preparação:

Pulverizar as nozes durante alguns segundos na velocidade 9. Espalhar num tabuleiro e levar ao forno de modo a secar um pouco, cuidado para não torrar.
Depois de arrefecer juntar o açúcar em pó com a farinha de nozes e misturar bem, peneirar esta mistura de forma a mistura ficar bem fina.


Colocar no copo a borboleta, o copo tem de estar bem limpo e seco, bater as claras em castelo durante 4 minutos, vel. 4, juntar o açúcar ao fim de 2 minutos. Juntar a mistura da farinha de nozes com o açúcar e programar 15 seg, vel. inversa.


Entretanto fiz numa folha A4 umas circunferências com o tamanho que queria que ficasse os macarons. Coloquei essa folha debaixo do papel vegetal, e com a ajuda de um saco de pasteleiro, fui colocando em cima de cada circunferência.



Depois de colocar a massa bater com o tabuleiro na bancada 3 vezes, esperar 1 hora num local pouco húmido, e colocar no forno só quando a massa não colar, para isso tocasse na massa ao de leve para sentir se cola, este passo é importante pois a massa ao secar e deixar de colar vai dar aquele aspecto de crosta característico dos macarons.

Tirar a folha de papel debaixo do papel vegetal e levar ao forno pré-aquecido a 150ºC durante 10 minutos, depois baixar o forno a 140ºC  e deixar mais 3-5 minutos.

Como acho que a noz combina muito bem com ovos moles, esta foi a minha opção, embora o recheio não tivesse saído da melhor forma, pois ficou pouco espesso, a receita está neste post.

Esta receita foi retirada deste blog



Hoje é dia de fazer um bolinho, esta iniciativa está a percorrer vários países  do mundo. E claro que não iria deixar de fazer um bolinho delicioso.



Ingredientes:

  • 150 g nozes
  • 150 g açúcar
  • 150 g Manteiga
  • 2 ovos
  • 150 g chocolate para culinária
  • 70 g farinha
  • 1 colher de chá de fermento
  • 1 pitada de sal


Preparação:

Coloque o chocolate partido aos pedaços e dar 3 golpes de turbo, pulverizar, programar 6 seg vel. 9. Reservar o chocolate. Colocar a borboleta e adicionar a manteiga, o açucar, os ovos e programar 5 min., vel.3, temp. 37ºC. Depois de terminar juntar o chocolate reservado, a farinha, o sal e o fermente e programar 6 seg, vel. 3. Retirar a borboleta e adicionar as nozes partidas aos pedaços, misturar bem ( usei a vel.3 durante alguns segundos). 
Colocar papel vegetal (para quem quiser pode untar a forma com manteiga em vez de colocar o papel) e deitar o preparado e levar ao forno pré-aquecido a 180ºC durante 30 minutos.




Brownie

by on domingo, maio 19, 2013
Hoje é dia de fazer um bolinho, esta iniciativa está a percorrer vários países  do mundo. E claro que não iria deixar de fazer um bolinh...
Amanhã começa o RestaurantWeek e até 26 de Maio estes restaurantes oferecem uma ementa a um preço bastante mais acessível que o habitual. Uma óptima maneira de descobrir sabores a um preço mais simpático.

Lisboa RestaurantWeek

by on quarta-feira, maio 15, 2013
Amanhã começa o RestaurantWeek e até 26 de Maio  estes  restaurantes oferecem uma ementa a um preço bastante mais acessível que o habitua...
O Festival Out Jazz já começou no passado dia 3 de Maio e vai alegrar a cidade de Lisboa até ao final de Setembro todas a 6ª feiras e Domingos, e a entrada é livre.






Adoro este perfume. Já tinha ouvido falar dele e fiquei com curiosidade, depois passei propositadamente  por uma loja e pronto foi paixão, trouxe um para casa. 




Ingredientes:

  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • 150g de polpa de tomate
  • 50g de azeite
  • 400g de tamboril
  • 300g de arroz
  • 500g de água
  • sal
  • pimenta
  • coentros
Preparação:

Colocar no copo a cebola, o alho, o tomate, o azeite e picar 5 seg, vel 5. De seguida programar 5 min, varoma, vel1. Quando terminar o tempo juntar a água, o arroz, o tamboril,  sal e pimenta, programar 18 min, 100º, vel. colher inversa. A meio da cozedura mexer com a espátula de forma a soltar o arroz, rectificar os temperos se necessário.
Por fim polvilhar com coentros.




O meu primeiro bolinho, de muitos... Este foi para celebrar o dia da Mãe.


A massa foi bolo de cenoura e o recheio foi ovos moles podres, uma combinação para muitos enjoativa, para mim deliciosa.


Ingredientes para recheio:
  • 4 ovos
  • 250 g de açúcar
  • 150 g de água

Preparação do recheio:

Misturar os ovos até estarem bem misturados. Colocar a água  e o açúcar ma bimby e programar 20 min, varoma, vel1. Quando terminar o tempo deixar arrefecer até atingir os 60ºC, para acelerar o arrefecimento tirar o copo da bimby. Juntar um pouco da calda em fio aos ovos reservados e mexer muito bem. Colocar a borboleta e programar 5 min, 100ºC, vel 1. Com a máquina em funcionamento, juntar os ovos em fio através do bocal da tampa e deixar acabar o tempo. Retirar rapidamente do copo para uma taça e deixar arrefecer completamente.  



A receita dos ovos moles podres foi retirada deste blog que adoro. A massa de açúcar comprei numa loja especializada (da próxima vez vou experimentar fazer na bimby), as flores foram feitas com moldes comprados na mesma loja, e depois vi alguns sites e vídeos no you tube que me ajudaram a perceber a técnica, este foi o vídeo que me inspirou.









  
Que o dia da Mãe, tal como o dia do Pai, sirva para se consciencializar o verdadeiro papel dos pais para com os seus filhos e dos filhos para com os seus pais.
Eu tenho uma Mãe extraordinária, um beijo muito especial para ela e para todas as Mães extraordinárias.

Dia da Mãe

by on domingo, maio 05, 2013
Que o dia da Mãe, tal como o dia do Pai, sirva para se consciencializar o verdadeiro papel dos pais para com os seus filhos e dos filhos pa...

Este post é dedicado a todas as mulheres, que não têm ajuda de profissionais, e tal como eu trabalham a full-time, têm uma casa para limpar e organizar e que têm o desejo de fazer tantas coisas tão mais divertidas do que  a dança do aspirador, e claro a todas aquelas que para além de tudo isto têm também a responsabilidade de educar, mimar e tratar do seus filhos.
Cuidar da casa é uma tarefa chata, stressante e inglória. Perdemos sempre imenso tempo e o pior é que temos de voltar a repetir brevemente, chateamos-nos constantemente com  quem vive connosco ou porque não ajudam ou porque deixaram uma migalha aqui e outra ali.  Mas uma vez que não há nada a fazer e temos mesmo de realizar estas tarefas, vamos enfrenta-las de frente e simplificar, e com um pouco de organização e disciplina tudo correrá muito melhor.
E quando digo isto estou a falar muito a serio e por experiência própria  quantas de nós deixam coisas por fazer porque agora não me apetece, estou cansada, ou isto e aquilo. E é aí mesmo que reside o problema, ao adiar as tarefas,  as coisas acumulam-se e  vão custar muito mais a fazer.
Há uma técnica muito partilhada, aqui na blogosfera, e que eu adoptei e é uma maravilha. A técnica do relógio, que consiste em marcar 30 minutos no despertador e durante esse tempo concentrar-se numa determinada divisão e arrumar e limpar tudo o que conseguir. Muitas de nós nem sabe ao certo o tempo que demora  a realizar determinada tarefa porque nunca contabilizou e como se faz tudo de enfiada,  no fim contabiliza-se sempre uma carga de horas. Pois é mas 30 minutos concentrados apenas numa divisão dá para se fazer muita coisa bem feita. Todos os dias limpamos pelo menos uma divisão, que é para no fim de semana estarmos livres e descansar a serio.  Uma vez por semana escolher uma divisão e limpar mais profundamente. Muitas de nós guardamos para o fim de semana estas tarefas todas, e em vez de estarmos a relaxar, a ler um livro, ouvir uma musica ou passear tranquilamente sem estar a pensar no que deixou para fazer em casa, estamos de pano de pó na mão a perder momentos tranquilos.


  • 2ª Feira - 30 minutos na suite (quarto e closet) + 30 minutos WC

  • 3ª Feira -30 minutos na Sala

  • 4ª Feira - 30 minutos no escritório e WC 

  • 5ª Feira - 30 minutos quarto de hospedes 

  • 6ª Feira - 30 minutos cozinha + marquise 

À 6ª feira gosto de perder mais 30 minutos para aspirar a casa toda. Claro que muitas vezes este esquema não se cumpre exactamente desta forma, ou porque se tem um jantar combinado, ou porque se trabalhou mais naquele dia e chegou-se muito tarde a casa, whatever o importante aqui é ter uma esquema para poder estar em família e amigos e aproveitar o tempo livre da maneira que nos dá mais prazer.


















Este Hotel de 5 estrelas tem uma fantástica localização, com vista para o Golfo Árabe, fica situado mesmo junto à Marina, um local com restaurantes e bares e bastante animado. A recordação que me ficou na memória é o cheiro suave e elegante a rosas espalhado por todo o hotel.


Avaliação Global: 9,8

  • Limpeza - 10
As recordações são muitas vezes associadas aos cheiros e sabores, e este hotel tinha um cheiro tão bom a perfume de rosas, que parece que ainda o sinto. Se há coisa que me deixa nas nuvens é de me deitar numa cama com lençóis macios e cheirosos.

  • Localização - 10
Uma óptima localização, em Jumeirah Beach mesmo junto ao Dubai Marina e à praia com acesso directo.

  • Comodidades - 10 

Tem tudo, varias piscinas, SPA, centro de fitness, campo de ténis, jardins, lojas, praia, 14 restaurantes e bares, estacionamento, balcão de excursões, um pequeno almoço extraordinário, Internet gratuita em todo o hotel inclusive nos quartos. Uma coisa extraordinária que este hotel tinha, disponha de tábua e ferro de engomar, saliento isto pois não é comum existir em muitos hotéis muito menos num hotel 5 estrelas, e dá tanto jeito. 



  • Funcionários - 9,5
Super simpáticos e amáveis.


  • Conforto - 10
Fomos numa altura de grande calor e para os hospedes se sentirem mais confortáveis, os funcionários passavam com toalhas de rosto bastante frescas (a quem se encontrava na piscina ou na praia) para se ir refrescando. As águas eram engarrafadas e totalmente gratuitas e para quem estava na praia ou na piscina eles forneciam um balde com gelo para as águas não aquecerem. Outra coisa importantíssima de salientar foi aquele colchão delicioso e aqueles lençóis tão macios, que quando cheguei a casa comprei um colchão e lençóis novos, um conforto.

  • Relação qualidade/preço - 9
O hotel não é barato, e era óptimo que fosse um pouco mais acessível.



Nota: esta classificação é atribuída após a minha experiência no Hotel 




Do livro "O que faço hoje para jantar" de Joana Roque retirei a receita das almôndegas, e das receitas da Drª Agata Roquete retirei o molho de cogumelos, e no que é que deu?
Numa receita simples, económica e muito saborosa. 



Ingredientes:

  • 500 g de carne de vaca picada
  • 1 ovo
  • 4 colheres de sopa de pão ralado
  • 2 colheres de sopa de salsa picada
  • 2 cebola medias
  • 1 colher de chá de alho em pó
  • sal e pimenta q.b.
  • Uma embalagem de cogumelos laminados
  • uma colher de sopa de molho de soja
  • 2 dentes de alho
  • 1 folha de louro

Preparação das almôndegas:

Picar a cebola muito picadinha e colocar dentro de um recipiente, juntar a carne picada, o ovo, o pão ralado, a salsa picada, o alho em pó e temperar com sal e pimenta. Unir todos os ingredientes de forma a ficar o mais uniforme possível.
Fazer bolinhas pequenas e colocar no frigorífico durante uns minutos de forma a ganhar firmeza. 


Preparação do molho de cogumelos:


Numa frigideira colocar a cebola, o alho, um fio de azeite e o louro, deixar alourar levemente e juntar os cogumelos, deixar cozinhar por uns minutos. 
Juntar o molho de soja, a salsa e rectificar o tempero, deixar apurar bem.

Por fim colocar as almôndegas num tabuleiro de ir ao forno e regar com o molho de cogumelos, levar ao forno a 180ºC durante 20 a 30 minutos.